Notícias

PARA CRIAR UMA ASSOCIAÇÃO DE EPILEPSIA OU MOVIMENTO DE APOIO CREDENCIADA (O) À EPI-BRASIL, VOCÊ DEVE:

- Reunir um grupo de pessoas interessadas no tema (pode ser formado por pessoas com epilepsia, familiares, amigos, quem se interessar pelo assunto)
- Escolher um nome (e uma sigla) para a associação ou movimento de apoio, lembrando que "epiléptico" e "portador de epilepsia" não devem ser utilizados. Utilize termos como pessoas com epilepsia ou pacientes com epilepsia. E inclua também o nome da sua cidade – é mais fácil para todos saberem.
Um detalhe muito importante: é preciso verificar se existe outra associação ou entidade com o nome idealizado (você pode fazer esta pesquisa via internet – INPI: http://www.inpi.gov.br/menu-superior/pesquisas). Isso é muito relevante, já que muitas associações acabam tendo nomes parecidos, o que posteriormente deve ser alterado para evitar quaisquer problemas!
- Criar, se possível, um logotipo para a associação.
- Se for associação, pode ter CNPJ – para isso, tem que cadastrar junto à prefeitura (e paga-se por isso).
- Para a criação, precisa ter os seguintes cargos: presidente da associação (ou do movimento de apoio), vice-presidente, secretário (a) e tesoureiro (a). Cada uma destas pessoas deve colocar seus dados pessoais (nome, naturalidade, estado civil, RG, CPF, profissão, endereço, cidade).
- A associação também deve ter um endereço formal (sede jurídica) para que possa receber correspondências, etc. Pode ser o endereço da casa de um dos membros da entidade.
- A primeira reunião deve ser formal, tendo uma ata da fundação (que deve ser registrada em cartório), lista de presença e as regras/leis da sua associação.
- logo após esta primeira reunião, precisa ser elaborado o estatuto da associação ou do movimento de apoio, no qual deve constar as regras e as leis da sua entidade.
PS: os modelos de ata de fundação e estatuto estão no documento a seguir (página 4). Neste documento, você também encontra, com detalhes, como fundar uma ONG ou OSCIP.
- Idéias de regras/leis:
. as reuniões acontecerão sempre no primeiro sábado do mês, ...
. as reuniões serão realizadas no local ... (aqui é interessante ver se a igreja da comunidade pode ceder um espaço)
. as pessoas participantes devem convidar amigos, vizinhos, para que a reunião seja mais rica na troca de experiências.
. cada reunião deve abordar um tema sobre epilepsia, sendo que um palestrante será convidado a cada encontro. Depois da exposição do tema, as pessoas podem discutir as dificuldades e as conquistas até o momento.
. temas sugeridos: tratamento da epilepsia, inserção social, qualidade de vida, tipos de crises epilépticas, como proceder diante de uma convulsão,
. discutir se os membros participantes devem ou podem pagar uma quantia mensal simbólica para manter as atividades da associação.

- depois de tudo cadastrado, favor enviar uma carta à diretoria da Epi-Brasil para o credenciamento na Federação. Dessa maneira, ampliamos e reforçamos o movimento nacional para tirar a epilepsia das sombras.

- fazer uma ficha de cadastro para cada pessoa que se cadastrar na associação ou no movimento de apoio.

Faça o download da ficha de cadastro no link abaixo

http://www.aspebrasil.org/video/download_audio_video_16.pdf

Quem somos

A epilepsia é a condição neurológica crônica mais comum em todo o mundo e afeta todas as idades, raças e classes sociais. Impõe um peso grande nas áreas psicológica, física, social e econômica, revelando dificuldades não só individuais, mas também familiares, escolares e sociais, especialmente devido ao desconhecimento, crenças, medo e estigma.

SAIBA MAIS!